Total de visualizações de página

sábado, 28 de julho de 2012

PERSONALIDADES ALVINEGRAS: OCTÁVIO PINTO GUIMARÃES


Octávio Pinto Guimarães não trabalhou apenas em futebol. Funcionou em muitas outras atividades, apresentando um currículo extenso, que comprova toda a sua competência.
Octávio nasceu em 26 de maio de 1922, na cidade do Rio de Janeiro. Foi filho de Mário Buarque Pinto Guimarães e Elvira Couto Pinto Guimarães.
Casou-se com Heloísa Helena Schuback Pinto Guimarães, em 1960. Seu filho, nascido em 1963, chama-se Octávio Pinto Guimarães Filho.
Em 1944, Octávio Pinto Guimarães formou-se em Direito pela Faculdade Nacional da Universidade do Brasil, inscrito na O.A.B. sob o número 4.482. Foi funcionário do Ministério da Viação e Obras Públicas de 1938 a 1942, do Ministério da Educação e Saúde, de 1942 a 1945 e do Banco do Brasil S. A. a partir de 21 de junho de 1945, tendo sido nomeado seu advogado em 10 de janeiro de 1953, aposentando-se no último posto da carreira, em 22 de março de 1974.
Em 1974 passou a ser diretor financeiro da Riotur, dividindo o tempo com suas atividades de dirigente de futebol.
No campo esportivo, trabalhou como diretor da Federação Metropolitana de Basquetebol, em 1942. Foi representante do Botafogo na mesma entidade, de 1942 a 1947. Foi ainda secretário-geral da Confederação Brasileira de Desportos Universitários, de 1942 a 1944; presidente da mesma entidade de 1944 a 1946, representante do Botafogo na Federação Carioca de Futebol, de 1944 a 1949 e de 1958 a 1967. No basquetebol, foi presidente dos Conselhos Supremo e de Julgamentos da Federação Metropolitana da modalidade, de 1950 a 1954.
No Botafogo, Octávio Pinto Guimarães foi diretor de futebol, de propaganda e do departamento Técnico-Administrativo, de 1959 a 1963. No mesmo clube foi eleito vice-presidente de 1964 a 1967.
Teve uma passagem vitoriosa pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, a qual presidiu por mais de 18 anos, com nove reeleições.
Foi presidente da Confederação Brasileira de Futebol no período de 17 de janeiro de 1986 a 16 de janeiro de 1989.
Faleceu no dia 28 de junho de 1990, no Hospital Beneficência Portuguesa, vítima de câncer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário