Total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de julho de 2012

O PRIMEIRO JOGO DO BOTAFOGO CONTRA O BONSUCESSO


No dia 9 de junho de 1929, o Botafogo foi pela primeira vez a Bonsucesso, enfrentar o clube local, estreante na Primeira Divisão do Campeonato Carioca.
Segundo jornais da época, como O Paiz, “o clube suburbano costuma jogar terrivelmente no seu campo”.
Continua: “Assim, pois, o campo da Estrada do Norte encher-se-á hoje para o cotejo entre os dois times, o qual promete ser forte e bem disputado. Dado o estado atual do Botafogo, não se tem base para um prognóstico. Contudo, o Botafogo é o favorito no consenso geral o que não significa que saia vitorioso”.
Quem olhar unicamente para o placar final do jogo terá por certo uma idéia errônea do que ele foi.
Ao faltarem quinze minutos para o final da partida, o resultado ainda era bem duvidoso.
Depois de um primeiro tempo equilibrado e que terminou empatado em 1 x 1, o segundo meio-tempo transcorria renhido, sem que se notasse uma quebra de equilíbrio, ora notando-se superioridade de um, ora de outro lado.
E deste modo coube ao Botafogo desempatar o jogo, para vê-lo, logo após, novamente empatado.
Coube então ao Bonsucesso obter vantagem, pouco depois desfeita por Celso. Estava neste pé o jogo, quando o goleiro local Medonho, que até então vinha fazendo magistrais defesas, em ocasião verdadeiramente infeliz, coube deixar que, devagar, a bola transpusesse a linha de gol do Bonsucesso.
Caiu então sobre a equipe rubro-azul grande desânimo. Nilo aumentou para cinco o número de gols do Botafogo e, em pouco tempo, mais três gols faziam balançar as redes locais.
O Bonsucesso marcou primeiro, através de Bida. Celso escapou, driblou Nico e Badu e, com forte chute, empatou a partida.
O primeiro tempo termina com a igualdade em 1 x 1.
Veio o segundo meio-tempo e o árbitro marca um pênalti contra o Bonsucesso. Bateu-o Nilo e desempatou para o Botafogo.
Não desanimaram os locais e Arubinha promoveu novamente o empate, que, aliás, durou pouco, pois Ernesto conquistava a seguir o terceiro tento do Bonsucesso. Luiz Carvalho voltou a tornar o placar igual: 3 x 3.
Em dado momento, Celso desferiu forte chute e obteve o quarto gol do Botafogo, em falha do goleiro Medonho.
Aproveitando-se do desânimo dos jogadores do Bonsucesso, logo a seguir, Luiz Carvalho conquistava o quinto gol do Botafogo. O mesmo Luiz aumentou para seis a contagem, alterada por Nilo com a conquista do sétimo ponto. Após escapada de Celso, este fez balançar mais uma vez as redes do Bonsucesso.
Pouco depois, terminou o jogo com a fragorosa derrota do Bonsucesso por 8 x 3.

BOTAFOGO 8 x 3 BONSUCESSO
Data: 9 de junho de 1929
Local: Estrada do Norte, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Horácio Rhodes da Silva
Gols: Celso (3), Luiz Carvalho (3) e Nilo (2) / Bida, Arubinha e Rapadura.
BOTAFOGO: Baby, Octacílio e Alemão; C. Burlamaqui, Rogério e Pamplona; Edmundo, Alkindar (Juca da Praia), Luiz Carvalho, Nilo e Celso. Técnico: Charles Williams.
BONSUCESSO: Medonho, Badu e Heitor (Alvarenga); Nico, Eurico e Carola; China, Bida, Gradim, Ernesto (Rapadura) e Arubinha.

Obs.: antes do jogo, o Bonsucesso entregou uma placa de bronze ao Botafogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário