Total de visualizações de página

sábado, 20 de novembro de 2010

O BOTAFOGO NO CAMPEONATO CARIOCA DE 1934 (A.M.E.A.)

Em 27 de março de 1934, foi aceito o regime profissional no Botafogo, decisão do Conselho Deliberativo. Posteriormente como os demais clubes da A.M.E.A. não aderiram, o campeonato ainda foi no regime amador.
Fonte: “Jornal dos Sports”.

1º TURNO

BOTAFOGO 4 x 4 RIVER
Data: 15.04.1934
Local: Rua João Pinheiro
Árbitro: Waldemar Rodrigues Gomes
Gols: Luiz, Beijinho e Beijinho (1° tempo); Carvalho Leite, Beijinho, Canedo (de pênalti), Canedo e Luiz.
BOTAFOGO: Pedrosa, Albino e Pamplona; Affonso, Rogério e Ariel; Eloy (Áttila), Beijinho, Carvalho Leite, Jayme e Moura Costa. Técnico: Nicolas Ladanyi.
RIVER: Jaguaré, Bolão e Palmeira; Malaquias, Tosta e Fidalgo; Canedo, Manuel, Ivo, Luiz e Nelinho.
Fontes: A Noite, Jornal do Brasil e O Jornal

BOTAFOGO 4 x 2 MAVILIS
Data: 22.04.1934
Local: General Severiano
Árbitro: Sebastião de Campos Cesário
Gols: Carvalho Leite (2) e Beijinho (2) para o Botafogo; Aragão e Ary para o Mavilis.
BOTAFOGO: Pedrosa, Vicente e Albino; Affonso, Waldyr e Pamplona; Áttila, Beijinho, Carvalho Leite, Nilo e Moura Costa. Técnico: Nicolas Ladanyi.
MAVILIS: Medonho, Polaco e Genaro; Alô II, Sylvério (Pedro) e Parreira; Alô I (Machado), Ary, Aragão, Honorino e Antoninho.
Fontes: Correio da Manhã, A Noite e Jornal do Brasil.

BOTAFOGO 6 x 0 BRASIL
Data: 13.05.1934
Local: General Severiano
Árbitro: Waldemiro Domingos Liotti
Gols: Nilo e Franklin (1° tempo); Nilo, Franklin, Nilo e Jayme (2° tempo).
BOTAFOGO: Gaguinho, Vicente e Albino; Ferreira (Long), Rogério e Corisco; Eloy, Franklin, Nilo, Jayme e Pirica. Técnico: Nicolas Ladanyi.
BRASIL: Botelho, Lúcio e Octávio; Maggire, Nefinho e Walter; Mário, Betinho, Modesto, Zezinho e Waldemar.
Fontes: A Noite, Jornal do Brasil e O Globo

BOTAFOGO 0 x 3 ENGENHO DE DENTRO
Data: 20.05.1934
Local: Engenho de Dentro
Árbitro: Waldemiro Domingos Liotti
Gols: Carvalhinho, no 1° tempo; Mário (2), no 2° tempo.
BOTAFOGO: Gaguinho, Vicente e Albino; Ferreira (Long), Rogério e Chibata (Eloy); Moura Costa, Franklin, Nilo, Jayme e Pirica. Técnico: Nicolas Ladanyi.
ENGENHO DE DENTRO: Ney, Rubem e Ikerpe; Virada, Adonillo e Quino; Mário, Manolo, Cavallaria, Antônio e Carvalhinho.
Obs: 1) O árbitro, parcialíssimo, anulou um tento legítimo de Nilo que, revoltado retirou o time de campo.
Fontes: A Noite, Correio da Manhã e O Jornal

BOTAFOGO 3 x 2 OLARIA
Data: 03 / 06 / 1934
Local: General Severiano, Rio de Janeiro
Árbitro: Carlos de Carvalho “Americano” (do Andarahy AC)
Gols: Moura Costa, Franklin, Beijinho e João (1° tempo); Gago (2° tempo).
BOTAFOGO: Gaguinho, Vicente e Albino; Ferreira, Rogério e Corisco (Long); Moura Costa, Franklin, Beijinho, Nilo e Jayme. Técnico: Nicolas Ladanyi.
OLARIA: Biroba, Alfredo e Armindo; Augusto, Joaquim e Germano; Horácio, Gago, Zé Luiz (Pierre), João e Gaúcho.
Fontes: A Noite, Correio da Manha, JC, JS e O Jornal

BOTAFOGO 6 x 0 PORTUGUESA
Data: 10.06.1934
Local: General Severiano
Árbitro: Leonardo Gonçalves Teixeira
Gols: Beijinho, Franklin e Nilo (1° tempo); Nilo, Beijinho e Nilo (2° tempo).
BOTAFOGO: Gustavo, Rogério e Albino; Ferreira, Chibata (Eloy) e Long; Moura Costa, Nilo, Franklin, Beijinho e Jayme. Técnico: Nicolas Ladanyi.
PORTUGUESA: Nogueira, Nélson e Fernandes; Antônio, Lúcio e Olympio; Paulo, Luiz, Waldemar, Arnaldo e Mário (Cardoso).
Obs.: 1) Gustavo defendeu um pênalti cobrado por Olympio no 1° tempo.
Fontes: A Noite, Jornal dos Sports e O Jornal

BOTAFOGO 2 x 2 ANDARAHY
Data: 01.07.1934
Local: Barão de São Francisco
Árbitro: Manoel da Silva Barbosa
Gols: Bianco, Bianco, Nilo e Moura Costa (‘JB’) ou Moura Costa e Nilo (‘JS’) (todos no 2° tempo)
BOTAFOGO: Gustavo, Vicente e Albino; Ferreira, Rogério e Long (Chibata); Moura Costa, Beijinho, Nilo, Franklin e Jayme. Técnico: Nicolas Ladanyi.
ANDARAHY: Gustavo, Congo e Lourival; Faya, Bethuel e Venerotti; Álvaro, Palmier, Romualdo, Bianco e Ávila.
Fonte: Jornal do Brasil, Jornal dos Sports e O Jornal

2º TURNO

BOTAFOGO 0 x 2 MAVILIS
Data: 22.07.1934
Local: Rua Carlos Seidl, Retiro Saudoso
Árbitro: Honorato José da Silva de Miranda
Gols: Honorino e Chavão (ambos no 2° tempo)
BOTAFOGO: Gaguinho (Gustavo), Magioto e Albino; Ferreira, Rogério e Long; Eloy, Nilo, Beijinho, Franklin e Jayme. Técnico: Nicolas Ladanyi.
MAVILIS: Medonho, Baguette e Polaco; Parreira, Chavão e Alô II; Alô I, Pisca, Aragão, Honorino e Sá.
Fontes: A Noite, Jornal do Brasil, Jornal do Commercio e O Jornal.

BOTAFOGO 2 x 0 OLARIA
Data: 26.08.1934
Local: Rua Cândido Silva
Árbitro: Carlos Martins da Rocha “Carlito”
Gols: Nilo (1° tempo); Nilo (2° tempo)
BOTAFOGO: Germano, Vicente e Albino; Ferreira, Waldyr e Ariel; Áttila, Beijinho, Carvalho Leite, Nilo e Dondon. Técnico: Nicolas Ladanyi.
OLARIA: Biroba, Alfredo e Armindo; Nonô, Viveiros e Gradim; Horácio, Gago, Caraúna, Pierre e Zé Crioulo.
Obs: 1) O árbitro escalado Osmar Monteiro de Barros não compareceu, sendo substituído, de comum acordo entre os clubes, por Carlos Martins da Rocha “Carlito”; 2) Germano defendeu pênalti cobrado por Pierre.
Fontes: A Noite, Jornal dos Sports e O Jornal

BOTAFOGO 2 x 1 PORTUGUESA
Data: 11.11.1934
Local: Rua Moraes e Silva
Árbitro: Osmar Monteiro de Barros
Gols: Arthur, de pênalti, no 1° tempo; Celso e Franklin, no 2° tempo.
BOTAFOGO: Victor, Vicente e Albino (Celso); Magioto, Rogério e Ariel; Dondon, Beijinho, Carvalho Leite (Franklin), Nilo e Jayme. Técnico: Nicolas Ladanyi.
PORTUGUESA: Nogueira, Nélson e Esther; Noé, Mimosa e Bolão; Jaguarão, Arnaldo, Edgard, Paulo e Arthur.
Fontes: Jornal dos Sports e O Jornal

BOTAFOGO 2 x 1 ANDARAHY
Data: 02.12.1934
Local: General Severiano
Árbitro: Leonardo Gonçalves Teixeira
Gols: Nilo, no 1° tempo; Bianco e Áttila, de pênalti, no 2° tempo.
BOTAFOGO: Victor, Magioto e Rogério (Jayme); Ferreira, Martim e Ariel; Áttila, Nilo, Carvalho Leite, Franklin e Moura Costa. Técnico: Nicolas Ladanyi.
ANDARAHY: Jaguaré, Congo e Peres; Faria, Bethuel e Venerotti; Aldo, Jayme, Romualdo, Fernandes e Mineiro (Bianco).
Obs.: 1) Com essa vitória, o Botafogo conquistou o título de tricampeão carioca (1932-1933-1934). A AMEA era a dirigente oficial do futebol do Rio de Janeiro.
Fontes: A Noite e O Jornal

CAMPANHA:

Jogos: 11
Vitórias: 7
Empates: 2
Derrotas: 2
Gols Pró: 31
Gols Contra: 17.

Jogaram:

Albino Mesquita Pinheiro, 10 jogos.
Nilo Murtinho Braga, 10.
Jayme Terra, 9.
Rogério Braga Filho, 9.
Franklin Padrão, 8.
Benjamin Silva Filho (Beijinho), 8.
Carlos Ferreira de Almeida, 8.
Leandro Moura Costa, 7.
Vicente Paulo Mattos da Graça, 7.
John Charles Long Júnior, 6.
Eloy Esteves, 5.
Carlos Antônio Dobbert de Carvalho Leite, 5.
Ariel Augusto Nogueira, 4.
Áttila de Carvalho, 4.
Carlos Moura Costa (Gaguinho), 4.
Eduardo Gaui (Chibata), 3.
Gustavo Henrique Ribeiro de Carvalho, 3.
Nélson Magioto, 3.
Roberto Gomes Pedrosa, 2.
Estanislau de Figueiredo Pamplona, 2.
Affonso Azevedo Carneiro, 2.
Walter Guimarães (Waldyr), 2.
Alberto Piragibe Lyra de Lemos (Pirica), 2.
Victor Corrêa Gonçalves, 2.
Paulo Samuel Santos (Dondon), 2.
Walter Guimarães Simas (Corisco), 2.
Germano Boettcher Sobrinho, 1.
Celso Cardoso Linhares, 1.
Martim Mércio da Silveira, 1.

Total: 29 jogadores.

Técnico: Nicolas J. Ladanyi.

Artilheiros:

Nilo, 10 gols.
Beijinho, 8.
Franklin, 5.
Carvalho Leite, 3.
Moura Costa, 2.
Áttila, 1.
Celso, 1.
Jayme, 1.

Total: 31 gols.


Nenhum comentário:

Postar um comentário